AMOR DE VOVÓ E DE VOVÔ

AMOR DE VOVÓ E DE VOVÔ

O papel dos avós é de suma importância em nossas vidas, desde crianças, pois são eles que nos dão a referência do nosso sobrenome, ou seja, é quem nos deixa o legado de continuar tendo orgulho de nossas origens, tanto materna como paterna.

O desenvolvimento das crianças que convivem com o amor dos avós chega a ser diferenciado, pois geralmente aprendem muito cedo a respeitar com certa compaixão aos mais velhos e dar valor à família. Além disso, os avós representam uma forma especial de amor, pois os limites não são obrigatórios, bem diferentes da dos pais que precisam educar e reprimir os comportamentos inadequados.

A relação dos netos com os avós é, geralmente, muito saudável, pois a história não é só recordada, ela pode ser renovada e resignificada através das interpretações dos mais novos. Os mais velhos aprendem muito com os mais jovens, havendo uma grande troca, ora a criança e o jovem são aprendentes e ora ensinantes. Os vocabulários são ampliados e, por vezes, de forma engraçada. Exemplo: antigamente se chamava flerte, depois paquera, ficante e hoje crush. Antigamente os avós iam na biblioteca e hoje aprendem a navegar na internet.

Ainda, quero citar que tem sido realizado pesquisas na área da neuropsicologia sobre a relação dos avós com os netos e os resultados tem sido impressionantes. Idosos que se ocupam com os netos tem uma tendência muito menor de contrair algumas doenças do tipo Alzheimer, pois se sentem úteis, ativos, inteligentes e com autoestima elevada.

Portanto, os pais devem incentivar a convivência dos filhos com os avós, tanto materno como paterno, pois assim todos ganham.

No dia 26 de julho, celebramos o dia dos avós e bisavós. Vamos valorizar e comemorar essa data tão especial com muito carinho e gratidão!

 

Mariangela Mantovani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.